Português do BrasilEscolha o idioma
Aeroporto Internacional de Viracopos
Você está em: Home » Institucional » Imprensa »

14/06/2018 - Aeroporto de Viracopos inicia campanha contra soltura de balões

O Aeroporto Internacional de Viracopos, por meio da Gerência de Segurança Operacional, realiza nesta sexta-feira (15/06), às 9h, a campanha "Para Balão Digo Não 2018", que terá a participação de 140 crianças em diversas atividades de conscientização sobre os perigos de soltar balão. O evento acontece no auditório da Torre de Controle de Viracopos.

Os estudantes participantes, com idades de 6 a 10 anos, são alunos da Escola Municipal de Ensino Básico Prof. Antonio Luiz Balaminuti, de Indaiatuba (SP). Eles vão assistir a uma peça de teatro no auditório da Torre de Controle. A peça mostra os perigos para aviação, incluindo soltura de balões, a destinação irregular do lixo e o apontamento do laser para as aeronaves. Também haverá a distribuição de kits informativos.

O projeto “Para Balão, Digo Não” acontece desde 2003, sempre no mês de junho, época de festas juninas. Neste período, a soltura de balões é mais frequente, elevando o risco para a aviação.

A campanha continua ao longo do ano com as palestras ministradas às crianças nas escolas sobre os perigos para aviação. As escolas participantes do projeto ficam em uma área que abrange um raio de 20 km do centro da pista de pouso e decolagem do aeroporto.

A meta desse ano é atender aproximadamente 2.800 crianças nas escolas do entorno do aeroporto. O projeto “Para Balão Digo Não” abrange palestras de conscientização, além da distribuição de material didático informativo aos participantes do programa nas escolas.

O objetivo é a formação de cidadãos conscientes para o futuro e de que as crianças possam influenciar os adultos no presente. “Acredita-se que as experiências sociais ocorridas na infância influenciam muitas mais do que as ocorridas na adolescência e na idade adulta. É na infância que se forma o alicerce básico sobre o qual se assentam as experiências da adolescência, formando a base onde as vivências adultas se estruturam”, disse a Gerente de SGSO (Sistema de Gerenciamento de Segurança Operacional) de Viracopos, Rosa Maria Brollo Fernandes.

Segundo a gerente de SGSO, os balões podem causar desde incêndios em residências, fábricas e áreas verdes até graves acidentes aéreos. Neste ano, já foram registradas 8 quedas de balões dentro da área do aeroporto.

O Aeroporto Internacional de Viracopos, por meio da Gerência de Segurança Operacional, realiza nesta sexta-feira (15/06), às 9h, a campanha "Para Balão Digo Não 2018", que terá a participação de 140 crianças em diversas atividades de conscientização sobre os perigos de soltar balão. O evento acontece no auditório da Torre de Controle de Viracopos.

Os estudantes participantes, com idades de 6 a 10 anos, são alunos da Escola Municipal de Ensino Básico Prof. Antonio Luiz Balaminuti, de Indaiatuba (SP). Eles vão assistir a uma peça de teatro no auditório da Torre de Controle. A peça mostra os perigos para aviação, incluindo soltura de balões, a destinação irregular do lixo e o apontamento do laser para as aeronaves. Também haverá a distribuição de kits informativos.

O projeto “Para Balão, Digo Não” acontece desde 2003, sempre no mês de junho, época de festas juninas. Neste período, a soltura de balões é mais frequente, elevando o risco para a aviação.

A campanha continua ao longo do ano com as palestras ministradas às crianças nas escolas sobre os perigos para aviação. As escolas participantes do projeto ficam em uma área que abrange um raio de 20 km do centro da pista de pouso e decolagem do aeroporto

A meta desse ano é atender aproximadamente 2.800 crianças nas escolas do entorno do aeroporto. O projeto “Para Balão Digo Não” abrange palestras de conscientização, além da distribuição de material didático informativo aos participantes do programa nas escolas.

O objetivo é a formação de cidadãos conscientes para o futuro e de que as crianças possam influenciar os adultos no presente. “Acredita-se que as experiências sociais ocorridas na infância influenciam muitas mais do que as ocorridas na adolescência e na idade adulta. É na infância que se forma o alicerce básico sobre o qual se assentam as experiências da adolescência, formando a base onde as vivências adultas se estruturam”, disse a Gerente de SGSO (Sistema de Gerenciamento de Segurança Operacional) de Viracopos, Rosa Maria Brollo Fernandes.

Segundo a gerente de SGSO, os balões podem causar desde incêndios em residências, fábricas e áreas verdes até graves acidentes aéreos. Neste ano, já foram registradas 8 quedas de balões dentro da área do aeroporto.

Aeroporto Internacional de Viracopos

Rodovia Santos Dumont, km 66 - Campinas/SP - 13.052-901 - Tel: (19) 3725-5000

© 2013. Aeroportos Brasil. Todos os direitos reservados.